Sustentabilidade em tudo que faz há 25 anos, a SMARJA transforma o segundo bem mineral mais consumido do mundo em qualidade de vida. Sua atividade principal é a mineração de areia e faz isso colaborando para o desenvolvimento e para a preservação do meio ambiente. A SMARJA tem o compromisso com o tripé da sustentabilidade: econômica, social e ambiental.

A união de pequenos mineradores, que atuavam de forma isolada no leito do rio Jacuí, fez surgir uma empresa que revolucionaria o sistema de extração, cuja estrutura lembra a de uma cooperativa. A Sociedade dos Mineradores de Areia do Rio Jacuí – SMARJA – começou pequena e se tornou grande. Hoje, os pequenos mineradores são sócios, transformando a empresa em uma das principais mineradoras de areia do Rio Grande do Sul e do país.... Mas nada disso seria possível de forma individual.

Atualmente a empresa possui Decretos de Lavra para o Rio Jacuí, concedido pelo Ministério de Minas e Energia, incluindo áreas de mineração que iniciam no município de São Jerônimo (RS) e se estendem até o município de Butiá (RS).


COMO TRABALHA


A atividade extrativa é desenvolvida dentro de padrões técnicos, com investimentos em tecnologia e estudos de impacto ambientais. Todas as jazidas estão legalizadas em conformidade com a Legislação Mineral, licenciadas ambientalmente pela Fundação Estadual de Proteção Ambiental (FEPAM).

Alinhada com o princípio da sustentabilidade, a empresa busca contribuir para o crescimento, nos contextos econômico, social e ambiental, das comunidades onde atua. Uma eficiente infra-estrutura administrativa e a adoção de modernos sistemas de gestão e procedimentos operacionais demonstram que a SMARJA trabalha hoje pensando no futuro.

Desenvolvido por Vertigo Comunicação e Design por Fabio Bastos Designer